A segurança em condomínios

Certo dia, um amigo me disse que comprou uma casa em um bairro classe média, com 3 quartos, quintal, garagem espaçosa, jardim, entre outros. Era uma casa linda, muito bem conservada, um ótimo negócio. Mas tinha uma coisa que me incomodava e tive que me segurar para não mostrar, o quanto desgostoso eu estava. Uma coisa me incomodava muito : era a segurança. Quanto meu amigo precisaria investir em equipamentos de segurança, para ter o mínimo de sossego ? E a manutenção disso tudo?

O custo de bons equipamentos para um só bolso é razoável. Já em um condomínio o rateio torna o investimento mais atrativo para os moradores. Mas e se me perguntassem: quais os equipamentos de segurança que você acha indispensável para um condomínio ? Bom, eu diria que um sistema perimetral de cerca pulsativa é primordial, em segundo lugar um Circuito Fechado de TV (CFTV), e em terceiro um sistema de controle de acesso. Os dois primeiros já são velhos conhecidos na maioria dos condomínios, sua eficiência é comprovada há anos. Já o controle de acesso é logo dispensado principalmente em condomínios pequenos. Geralmente o controle só é instalado quando algo grave acontece , como assaltos, agressões...

Isso porque muita gente acha, erroneamente, que o CFTV substitui o controle de acesso, pois esse registra as imagens e podemos identificar as pessoas e os veículos. Geralmente as câmeras são colocadas nas entradas principais, nas guaritas e em alguns pontos vulneráveis. Mas o que ocorreu do lado de dentro muitas vezes não é registrado, não sabemos onde tal pessoa foi, quanto tempo ficou, nem mesmo quem ela é.

Veja bem, não estamos só falando de crimes grotescos e escandalosos, onde o ponto principal é a ação, mas sim dos pequenos delitos: pequenos furtos, acidentes com veículos, etc. Até casos muito mais simples de empregados que chegam fora de horários e os patrões nem ficam sabendo.

A coisa se complica ainda mais, quando precisamos realmente identificar uma pessoa pelo CFTV. Não estou dizendo que não dá, é lógico que dá, mas é desgastante e demorado ficar assistindo horas e horas de vídeo que mostra 99,99 % do movimento normal do dia a dia. Dependendo do caso, como o do empregado que chega atrasado, não compensa ficar assistindo os vídeos para saber há quantos meses isso acontece.

Na verdade, os sistemas de CFTV e controle de acesso se complementam de forma rápida e eficiente. Com o sistema de acesso, ao identificar a ocorrência, rapidamente podemos filtrar as informações: em que dia, em que período de tempo e aonde foi. E finalmente através de uma foto digital identificar o autor. Se restar alguma dúvida, aí sim recorremos ao CFTV, mas agora já sabemos onde procurar e no máximo em 10 minutos de vídeo.

E no caso do empregado que chega atrasado? Nesse caso sabemos quem ele é, e só precisamos de um relatório que mostre quantas e quais foram suas entradas e saídas dele.

O sistema de controle de acesso amplia suas funções no momento que nos organizamos, fazendo dele uma ferramenta de segurança, administrativa e trabalhista.

Geraldo Pellegrini Filho

CONTATOS

Fornecedores
Condomínios
Consultores
Outros assuntos

DESTAQUES

Gestão Condominial
Manutenção
Convivência
Saúde

INFORMAÇÕES

Privacidade
Condições de uso
Avisos importantes
Procon-RJ

SITE SEGURO

SSL

PORTAL DOS CONDOMÍNIOS e sua
logomarca estão registrados no INPI.
Todos os direitos estão reservados.
Nós gostamos de respeitar as Leis !
Não reproduza nosso conteúdo, total ou
parcialmente, sem a nossa autorização.

TAGS:
CONDOMINIOS, ASSOCIACAO DE MORADORES, COTACAO, COTACOES, CONDOMINIAL, CONDOMINOS,
PREDIOS, EDIFICIOS, SINDICOS, IMOVEL, IMOVEIS, GESTAO, APARTAMENTOS, CASAS,
FORNECEDORES, CONSULTORES, PRODUTOS, SERVIÇOS, ANUNCIANTES.